28 de abril - Dia Internacional da Educação

"Se a educação sozinha não pode transformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda."
Paulo Freire

O dia 28 de abril foi oficializado como o Dia Internacional da Educação. A razão se dá devido ao fato de, no ano 2000, representantes de 180 países participaram do Fórum Mundial de Educação na cidade de Dakar, no Senegal. Neste encontro os países participantes, inclusive o Brasil, formalizaram o compromisso de não poupar esforços para que a educação atingisse todas as pessoas do planeta.

À Unesco foi atribuída a tarefa de coordenar a ação destes países parceiros, com a colaboração da Unicef, Banco Mundial, UFPA e PNUD que patrocinaram o fórum. Segundo a organização não governamental coordenadora, nosso país vem evoluindo em resultados como: acesso ao ensino fundamental quase universalizado, a redução da taxa do analfabetismo entre jovens e adultos, aumento do número de jovens em idade adequada cursando ensino médio e aumento de acesso ao ensino superior.

Cabe ressaltar que, independente do dia 28 de abril de 2000, a oferta de educação não é um ato social ou solidário. De acordo com a nossa Constituição Federal de 1988, a educação é um direito fundamental. Este direito é afirmado também na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na LDB ? Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Este dever do Estado, é elemento indispensável ao desenvolvimento da personalidade humana e à concretização da cidadania.

Num sentindo intrínseco, a Educação propriamente dita, inicia-se na família, onde a criança dá seus primeiros passos rumo a sociedade iniciando o preenchimento das lacunas do conhecimento com valores, comportamentos e atitudes éticas (ou não). Já na escola, são motivados e adquiridos conhecimentos específicos das distintas áreas do saber além de iniciar os primeiros passos no exercício da cidadania.

"Se você acha que a educação custa caro, tente a ignorância!
(Derek Bok)

Um profissional que busca formação e capacitação contínua está mais preparado para oportunidades e é mais competitivo. Da mesma forma, como principal ferramenta de capacitação, sem a educação (no sentido de formação e qualicação) é impossível que uma nação se desenvolva, se mantenha e seja competitiva.

Aqui entraríamos em uma discussão de formação individual que, num coletivo, leva ao desenvolvimento nacional e talvez fugiríamos da proposta da lembrança desta data comemorativa. Porém é fato que podemos comparar resultados dos países mais desenvolvidos que investem em educação, já outros, ficam à beira do caminho, dependendo da carona dos que por eles passam (ou atropelam!).

"Educação é que nem moeda de ouro, é valida no mundo todo."
(Provérbio Chinês)

O tema Educação é extremamente polêmico pois daí surgem discussões sobre base familiar, distinção entre educação e ensino, formação e qualificação docente, plano nacional de educação, metodologias de ensino, formação e desenvolvimento pessoal/profissional, desenvolvimento nacional (entre outros) e teríamos aqui um livro com capítulos diversos para, por fim, entendermos que:

"Se queres colher em um ano, deves plantar sereais. Se queres colher em uma década, deves plantar árvores, mas se queres colher a vida inteira, deves educar e capacitar o ser humano."
Kawantsu ? Filósofo chinês

Educadores respiram e vivem educação. Educadores nunca serão somente docentes, pois é enquanto discentes que possibilitam o aprendizado eficiente. Educandos são como uma pedra bruta que, ao ingressarem no processo de formação/qualificação estão constantemente sendo lapidados, em transformação para que se tornem uma jóia rara e única. Nós, seres humanos em evolução, cidadãos conscientes dos direitos e deveres, pessoas comuns em busca de novas conquistas e realizações, não podemos abrir mão educação individual e da nossa nação.

Por esta razão a data não deve ser mera comemoração. Deve ser mais uma oportunidade de reflexão aos pilares da educação (aprender a conhecer, a viver, a fazer e a ser!) para que não sejamos meros expectadores, mas conscientes e ativos neste processo sem fim.

Janiara de Lima Medeiros (Jani Medeiros)
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4467076Z5