A Sustentabilidade nossa de cada dia, nos daí hoje!

Nesta oportunidade quero compartilhar com vocês um assunto que está na moda, mas que diferente de muitos modismos tende a permanecer conosco de modo constante e cada vez mais prioritário, a Sustentabilidade.

Esse assunto foi motivo de muitos debates na época da Eco-92, e mais recentemente na Rio + 20. Antes era foco das ONGs e de algumas rodas de discussão de universidades e centro de inovação e pesquisa. Hoje é o assunto mais discutido nas cadeiras de cursos de especialização, MBAs, Mestrados e principalmente nas salas de reunião de muitas empresas dos mais variados portes e seguimentos.

Equivocadamente muitos empresários acham que ações de responsabilidade social, ações de coleta seletiva de lixo, ou ainda, ações internas de diminuição de gastos de energia seriam em separado ou em conjunto suficientes para dizer que a sua empresa é sustentável. Infelizmente não podemos afirmar que são.

Um dos conceitos diz que a sustentabilidade significa "Suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidades".

Precisamos ter em mente que os negócios e as empresas devem pensar de forma diferenciada, visando o amanhã sem se desvincular do compromisso no presente. O legado que cada uma deixará será de alguma forma cobrado pela sociedade, seja no retorno da demanda pelo seu produto ou serviço, pelo respeito a sua marca ou pelo impacto que o seu negócio gera no ambiente e na sociedade.

Bom, se hoje a sustentabilidade é mais que um modismo e tornou-se um diferencial de mercado, como fazer para que minhas ações sejam reconhecidas como ações legitimamente sustentáveis e como colher bons frutos disto?

O segredo está no planejamento sustentável, em como você empresário ou profissional liberal vai conduzir a implantação das ações que vão manter sua empresa funcionando e sendo rentável durante os próximos anos. O brasileiro precisa aprender a se planejar para médio e longo prazo. Um dos pilares da sustentabilidade é a visão de longo prazo. A quebra de muitas empresas está exatamente nesta falta de visão de futuro, em contrair dividas de longo prazo e não ter o planejamento para pagar dentro deste mesmo período, por exemplo.

Depois do planejamento precisamos partir para a ação. Um bom caminho é pensar nas compensações que a empresa precisa se comprometer com a sociedade, seja com o carbono zero, com a reciclagem, com o descarte consciente de material de informática, ou óleo de cozinha, ou ainda com a educação de crianças dentro da comunidade. A sustentabilidade funcionada numa base de troca. Se utilizo papel, como posso devolver ao meio ambiente o que retirei dele? Vou usar papel de fontes renováveis, papel reciclado, ou vou plantar uma árvore para cada 100 quilos de papel utilizados?

Claro que essas ações vão demandar um investimento financeiro, de tempo, de recursos humanos, mas sendo bem planejadas e implantadas, você só tem a ganhar, pois cada vez mais empresas estão vestindo essa camisa verde da sustentabilidade. Observe que muitas empresas estão partindo para a obtenção do certificado ISO 14001 para seus processos, isto é uma chancela que mostra a preocupação com o meio ambiente e, que atualmente tem sido diferencial nas licitações e até no valor das ações na bolsa de valores.

Outro ponto forte dentro das ações sustentáveis são as ações socialmente responsáveis. Essas ações tem tido um papel primordial no desenvolvimento da nossa sociedade. Estamos evoluído de apenas expectadores da falta de políticas eficientes de educação e ação social por parte do governo para agentes de mudança, motivando a criação de projetos educacionais, de inclusão para portadores de necessidades especiais, criando centros de reabilitação, etc.Essas ações devolvem a sociedade cidadãos mais capacitados, livres de vícios, prontos para o mercado e para se tornarem consumidores.

Reinvente o seu negocio de modo a torná-lo sustentável, o planeta e a sociedade lhe serão muito gratos e você verá os frutos disto em seus resultados financeiros e na percepção positiva do mercado em relação a sua marca.

Jacson Souza
Consultor nas áreas de gestão de negócios, qualidade, gerenciamento de projetos e processos.
É também palestrante e Coaching de carreiras.
http://lattes.cnpq.br/3185575815310824